Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

06.Set.18

eu, e os chás....

espaço da raquel
Eu, Raquel, me confesso, não gosto de água. E não é de agora, desde que me lembro sempre fui péssima para beber água, a minha mãe passou uma vida a mandar-me beber água, e eu fazia ouvidos mocos, e nunca cumpria, a água para mim nunca me soube bem, nem engarrafada, nem da torneira, que ao contrário do que muitos pensam, a nossa água da torneira é boa, tem uns bons níveis dos  parâmetros que compõem a água, temos sempre uns níveis muito certos, e equilibrados na (...)
19.Fev.18

Como mostrar e manter um certo nível (in)sanidade mental

espaço da raquel
Na sua hora de almoço, sente-se no  seu carro estacionado, ponha os óculos escuros e aponte um secador de  cabelos para os carros que passam. Veja se eles diminuem a  velocidade Sempre que alguém lhe pedir para  fazer alguma coisa, pergunte se quer batatas fritas a acompanhar. Encoraje os seus colegas de  gabinete a fazer uma dança de cadeiras sincronizada consigo. Coloque o seu recipiente do lixo  sobre a mesa de trabalho e escreva nele: " Entrada  " Desenvolva um (...)
16.Nov.17

Minimizar o stress no local de trabalho

espaço da raquel
Quando se encontra sujeito a stress no local de trabalho, não há nada mais tranquilizante do que um chá, de preferência calmante. Sigas as seguintes instruções: Prepare o chá numa caneca grande, junte uma generosa colher de mel, e de seguida despeje sobre o computador, e pessoa que anda a dar-lhe cabo da paciência. E assunto resolvido, deixamos tudo doce até a pessoa que constantemente nos “pica a moleirinha”