Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

22.Out.19

Quando um erro causa danos irreparáveis para toda a Vida

Sinto-me no direito de falar sobre isto, porque também me pode acontecer, afinal de contas, pode acontecer a qualquer um de nós.

Neste país está tudo trocado. Já não existem responsabilidades, e quando existem, são ténues.

Um professor que não aguentou a insolência e má educação de um menino de treze anos, (não estou a defender a atitude do professor) é detido e presente a juiz, um médico irresponsável que deu cabo da vida de vários seres, pais, mães, famílias, e dos próprios bebés, é suspenso de funções provisoriamente.

Muitos dos casos que se passam na escola, são realmente condenáveis, mas também muitos dos pais delegam na escola as suas funções. ....os filhos passam mais tempo na escola com professores, e auxiliares do que em família, no entanto qualquer coisa que aconteça, como por ex., um aluno ser chamado a atenção por não ter uma atitude correta com um colega dá mau resultado, porque pura e simplesmente há algumas crianças que não aceitam seuquer que erram, e que devem um pedido de desculpa, e se for caso, ainda respondem e mal, chegam a casa, fazem queixa aos pais, e no dia seguinte, quem sabe o professor já sabe o que lhe espera !!! Neste caso, o aluno também devia ser alvo de uma acção disciplinar por desobediência, ou não?!

Quanto ao caso que está a abalar a classe médica, e chocar todos nós é sobre um médico irresponsável que ao que se sabe analisou mal exames médicos, nomeadamente ecografias, se não sabia ver, ou se não viu bem, ou tinha alguma espécie de dúvida teria certamente dividido este problema/dúvida com um colega de profissão é assim que se faz, e sei que é, não é assumir um  risco que não sabe que consequências terá num futuro próximo.
Neste país não há responsáveis por nada, e a vida desses continua para arruinar a dos outros. Foram preciso 4 processos arquivados?! Casos com graves e erros grosseiros, mal formações? É chocante. E este caso é muito grave, e o médico em questão não deveria ser suspenso da realização de ecografias, mas sim ser imediatamente suspenso e afastado de qualquer actividade médica até que tudo ficasse devidamente esclarecido. Mas ainda vou mais longe, porque não foi este médico detido?

https://sol.sapo.pt/artigo/674971/medico-que-nao-detetou-malformacoes-graves-em-bebe-suspende-realizacao-de-ecografias

Comenta, mas com cuidado:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.