Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

25.Jul.19

O eterno replicante de "Blade Runner"

Morreu Rutger Hauer, o replicante com alma de Blade Runner, tinha 75 anos.

Um dos melhores filmes que vi, um dos meus filmes preferidos, um dos mais marcantes, tudo era novo, e parecia tão real. Hauer proferiu aquele que se tornaria um dos monólogos mais famosos da história do cinema, tornou-se icónico também graças à hipnótica interpretação de Hauer a contracenar com Harrison Ford.

"Vi coisas que vocês humanos não acreditariam. Naves de ataque em chamas na constelação de Orion. Todos esses momentos vão perder-se no tempo, como lágrimas na chuva. Hora de morrer".

E assim nos deixa Rutger Hauer, um replicante rebelde, que queria ter mais tempo de vida, e nada mais. Mas o seu legado não se perderá no tempo, como lágrimas na chuva.

 

 

Comenta, mas com cuidado:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.