Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

13.Mai.19

ai Berardo, Berardo, que o mundo está mesmo ao contrário!!

A propósito da comissão de inquérito à CGD, na sexta-feira passada, dia 10 de maio/2019, o Comendador Joe Berardo, disse entre muitas coisas que “O meu nome e a minha situação creditícia têm servido como justificação para todos os males que afligiram a gestão da CGD nas últimas décadas”, disse também que queria ter ajudado, e não sabia como, proferiu também que, e  passo a citar: Eu, pessoalmente, não tenho dívidas" frase do comendador Joe Berardo.

Tão deprimente esta audição, uma mistura de senilidade com trambiquice, e foi a este homem que a banca emprestou quase 1000M€, mais um que não se lembra, não se recorda, foi a reuniões mas os seus directores financeiros é que sabiam de tudo... porque ele só queria mesmo era ajudar.

Eu também queria muito ajudar-te Joe, mas também eu não sei como, nem me recordo, por agora como poderei fazê-lo. É que eu, pessoalmente, também não tenho dívidas.

A pena que eu tenho realmemte é que o Urso pardo fofiinho que anda lá para cima em terras verdejantes, não tenha aparecido mesmo na tua casa Joe Berardo, haveria de ser uma autêntica pândega, uma rambóia pegada.

Deixo-te um beijinho na testa meu querido, a vida fará contas contigo, um dia quem sabe, mas certamente fará.

60 comentários

teorias absolutamente espectaculares

Pág. 1/2