Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

25.Jan.10

diacho!!!!!!!!!!!

são 18:11, e ainda não recebi nenhum reacção, confirmação, noticia, sobre o ramo de flores que mandei entregar no trabalho para a minha rica mãe. ó valha-me, isto não vai correr bem, ó senhores da floristaaaaaa??? a minha mãe sai às 18:30.

25.Jan.10

incrível

como um dia de sol me pode fazer sentir tão feliz, e mais, a minha mãe do coração faz hoje anos, e mais, vou jantar com os meus pais e vai haver muito abraço, muito beijo, muito carinho, claro que aqui eu vou mesmo querer muita beijufa e muito amasso, e mais, comprei um lindoooooooooooooooo arranjo de flores e um postal, e mandei entregar no trabalho dela, vai ficar toda baboza, querem saber o que eu escrevi??? não?? mas eu digo na mesma, cá vai................

 

parabéns à melhor mãe do mundo, a minha e mais nenhuma.
por todo o apoio que me tens dado nestes tempos menos fáceis. Pelo amor incondicional. Pela meiguice. Por 34 anos de carinho. Por nunca me faltares. E porque sem ti a minha vida seria muito insignificante, (mesmo com os nossos arrufos és a mãe perfeita, hoje e sempre)

ficou tã lindo, não ficou??

 

 

21.Jan.10

pessoas que tocam e se agarram, tipo lapas

 

 

gosto de um bom abraço, é verdade, de um belo de um mimo, ah pois é, de um belo de um beijo, ó ainda melhor, agora, tudo isto que venha das pessoas que me conhecem e com as quais já tenho alguma confiança, não é, apresentarem-me uma pessoa e no imediato, vai de muito beijo, e muito abraço, irra pá, se não sou vossa namorada, se não sou vossa mãe, se não sou vossa amiga, se acabaram de me conhecer: não me toquem, nem me agarrem assim, por favor não me bajulem, odeio, não tenho pachorra para tais demonstrações de bajulamento, cada um no seu lugar!
“Agarramentos” nos braços, nas mãos, festas nas costas, toques na cara...NÃO. E depois ponho-me a pensar, eu a apertar a mão de uma pessoa que foi á casa de banho, onde foi verter aguas, e não lavou as mãos, é pá, que nojo.
 
MAS ATENÇÃO, isto é só para quem NÃO ME CONHECE, repito, NÃO ME CONHECE, porque para os restantes fofuxos que fazem parte da minha vida, que continuem em força esses belos abraços e beijos.
20.Jan.10

AHAHAHAHAH!!!!!!!!!!!!

É enviado um neurónio ao cérebro de um homem. Ele chega, entra e não encontra nada.
- Há alguém aqui? - Pergunta baixinho.
- HÁ ALGUÉM AQUI? OOOLÁAAA! NÃO HÁ NINGUÉM...? snif, snif...
O pobre neurónio encontrava-se sozinho ali. Começou a ficar muito triste e seguia lamuriando-se:
- Eu aqui tão sozinho... snif... snif... para o resto da vida... snif!
De repente, ouve um ruído de alguém que se aproximava... Era outro neurónio que, ao vê-lo, pergunta:
- Que fazes aqui sozinho? Porque choras?
- Porque pensava, snif... que não havia ninguém e que ia ficar aqui para sempre sem companhia... snif...
- Tás maluco? Somos imensos! Estamos é todos lá em baixo, na outra cabeça, onde há uma g'anda festa... Eu só subi para vir buscar gelo!...