Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

12.Nov.07

continuação da saga do WC

desculpem, eu hoje estou pelas casas de banho, além da bendita tampa da sanita á outra coisa, acharem que eu tenho um telefone na casa de banho, pois é, estamos nós a verter as águas e lá está, ó Raquel, tenho aqui uma pessoa para falar contigo, OK, e? O que é que querem que eu faça, estou no WC, certo?? Bem, qualquer dia, ainda colocam telefones nas casas de banho para sermos mais eficientes e estarmos sempre disponíveis para sermos contactados, aqui para nós e que ninguém nos ouve nem vê, eu acho que a fulaninha que me chama para ir ao telefone quando estou no WC é a fulaninha que pinga a tampa.
12.Nov.07

tampa da sanita

O acessório que faz com que o pessoal não entre com o cúzinho para dentro da sanita
 
Pois é, esse maravilhoso acessório, bem o que podemos dizer sobre ele, para já, tem uma tampa, certo? Depois temos de levantar essa tampa para lá pormos o nosso sim senhor e mais outra coisa, bem, mas de facto aqui é que reside o problema, não, não é no facto de se levantar a tampa da sanita, mas sim, “pingarmos” aquela coisa onde pomos o sim senhor e mais aquela coisa de que eu não falei, salvo seja, pois eu não sei como é possível algumas senhoras fazerem tal coisa, tenham paciência, BOLAS, vamos á sanita numa casa de banho e a dita está pingada de XIXI, é pá, NÃOOOOOOO, não, não, automaticamente o meu sim senhor fica molhadex, não dá, o desconforto e muito grande. E porquê? PORQUÊ? Porque eu não gosto de me sentar numa coisa que está pingada com líquidos de outras pessoas, não será motivo suficiente?
Não há um único dia em que eu vá ao WC no meu trabalho e á para lá uma fulaninha que me PINGA o sitio onde ponho o meu sim senhor, fogo pá, é que é todos os dias, mas será que a dita, faz o “xixi” de pé? Ai que vontade, em dar com a tampa nas ventas da gaja.
 
ir á casa de banho, sim senhor, pingar a tampa, não, façam o que têm a fazer, coloquem a tampa da sanita para baixo mas tem de estar sem pingo.
 
12.Nov.07

o tempo não me chega

PORRA, não tenho tempo.

por mais voltas que dê, o tempo não me chega, IRRA, não sei que mais voltas hei-de eu de dar para ter mais tempo.

o tempo é igual para todos, mas não sei, a mim não me chega, depois aparecem aquelas aves raras, ai e tal fui ao ginásio, ás compras, ao cinema, ando a tirar aquele curso de que falei, APRE, já chega, não batam mais no ceguinho, já sei.

tempo, é uma coisa que para mim, infelizmente voa, e acho que não o aproveito da forma que deveria.

será que o meu relógio tem menos horas????


12.Nov.07

expliquem-me

Às vezes pergunto-me se o ser humano não terá sempre, à partida, uma tendência inata para a porcaria. Alguma coisa terá que explicar porque é que por exemplo, nenhuma criança gosta de tomar banho (a não ser que a banheira se transforme num armazém de brinquedos flutuantes), lavar os dentes (sem comer a pasta com sabor a pastilha elástica), as mãos (sem inundar a casa de banho), ou cortar as unhas? Os homens das cavernas não se lavavam e comiam com as mãos – o sonho de qualquer criança. Será que, milénios e milénios de civilização ainda não inscreveram nos genes uma aptidão natural para a limpeza que dê ao ser humano, logo à partida, uma repugnância generalizada a tudo o seja sinónimo de porcaria e sujidade?