Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

16.Jan.20

As aventuras e loucuras do Loy

espaço da raquel
E tudo o que muda na nossa vida (e ainda bem) quando temos um cão. Por ex. quando andamos a limpar o chão com as franjinhas, vulgo mopa, vulgo aquela cena com que se tira o pó do chão, e os pêlos e mais  alguma coisa  ganha vida própria porque o nosso cão acha que aquilo o vai levar de rojo, e limpar-lhe a alma e começa a ladrar e a saltar como se não houvesse amanhã. O barulho do aspirador é uma outra dimensão, aquilo até parece um avião a jacto na cabeça dos coitados (...)
13.Jan.20

Quando o altruísmo se sobrepõe a qualquer vitória

espaço da raquel
PAaulo Gonçalves, Piloto profissional de Motociclismo Todo o Terreno, Campeão do Mundo em 2013, Vice-Campeão em 2014 e 2.° classificado no Dakar 2015. E assim foi em 2016 quando Paulo Gonçalves, teve o nobre gesto de ajudar um outro piloto depois de sofrer um acidente, durante uma etapa do Dakar em 2016, o piloto português deixou de lado a corrida, ao liderar o teste, para ajudar Matthias Walkner após sofrer um acidente. O piloto português Paulo Gonçalves morreu este domingo (...)
10.Jan.20

Há quatro anos, o Mundo reagia à morte de David Bowie

espaço da raquel
David Bowie morreu há quatro anos, a 10 de janeiro de 2016, dois dias depois de ter celebrado 69 anos e com a edição do álbum, "Blackstar". Bowie, desde sempre nos habituou a inúmeras facetas desde 1963 até 2016, altura em que o Mundo ouvia a triste noticia da sua morte. Muito cedo deixou de nos primar com a sua arte de escrever, de fazer música, e de toda a presença que tinha em cima dos palcos. Era único. Para mim será sempre único, para sempre inspirador e eterno (...)
07.Jan.20

O desafio de escolher uma palavra para te acompanhar em 2020

espaço da raquel
Um novo ano. Novas oportunidades, novos desafios, novos encontros, novas conquistas, mas acima de tudo que seja sempre recheado de muita saúde, amor e paz.  Desejo para todos muita saúde, amor cada vez em maior quantidade no nosso coração e na nossa alma, empatia para com o próximo, e paz para todo o Mundo, para o Homem que teima em reinar como se mandasse no planeta, na natureza, se contenha e perceba que o Mundo não é só dele mesmo. Qual a palavra que melhor reflete o que (...)
08.Nov.19

Os abraços importam!

espaço da raquel
O Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, abraçou, em nome de todos nós, de todos os portugueses, Manuel, o sem abrigo que num gesto grandioso salvou o bebé recém nascido encontrado na passada terça-feira num contentor do lixo, em Lisboa. Sim, ele quer abraços, e afectos também. E tenho cada vez mais a certeza que estes afectos e abraços podem salvar vidas, e pessoas em desespero, ou solitárias. Quem de nós alguma vez abraçou um sem abrigo? Ou Alguém (...)
07.Nov.19

Com Sophia de Mello Breyner, a vida é poesia

espaço da raquel
Esta gente cujo rosto Às vezes luminoso E outras vezes tosco Ora me lembra escravos Ora me lembra reis Faz renascer meu gosto De luta e de combate Contra o abutre e a cobra O porco e o milhafre Pois a gente que tem O rosto desenhado Por paciência e fome É a gente em quem Um país ocupado Escreve o seu nome E em frente desta gente Ignorada e pisada Como a pedra do chão E mais do que a pedra Humilhada e calcada Meu canto se renova E recomeço a busca De um país (...)
06.Nov.19

O Mundo que (parece) não ter sido feito para todos nós.

espaço da raquel
Principalmente quando não nos ajustamos ao Mundo em que vivemos, quando não nos conseguimos encaixar numa sociedade por sentirmos demasiado, por que sofremos, porque nos doi a alma, por sentirmos em demasiada coisas que não se passam connosco mas que nos doem, nos indignam, e nos afetam. (desabafos...) Quando nos levantamos todos os dias e percebemos perfeitamente que o Mundo não está para nós, ou seremos nós que não estamos para o Mundo, e não percebemos por nos sentimos (...)