Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

Resoluções e balanços do ano que está a terminar, lamento, mas este ano não há.

Assim como assim, nunca consigo cumprir com tudo aquilo que prometo, por isso mais vale fechar a matraca, e não teclar muito para não me enterrar mais, nem enganar os meus estimados leitores.

Podia dizer muita coisa, por ex, que vou começar a fazer ginástica, mas é mentira, começo com muita garra e depois fico pelo caminho.

Também podia dizer que iria tentar ser menos consumista, bahhh, mentira, não consigo, já estou bem melhor, mas, os olhos ainda me fogem muito para as roupas, relógios e afins, logo se dissesse que ia deixar de o ser, seria também uma grande mentira. Posto isto, não vejo assim grande interesse em estar a dizer coisas que não vou fazer.

 

Tudo isto, não implica que não tenha desejos para o ano que se avizinha. Pois que gostava que fosse um ano calminho, e principalmente com muita saúde, é que a saúde não tem preço, e quando nós mesmo ou alguém da nossa família tem um grave problema de saúde, tudo se desmorona e a nossa vida deixa de fazer qualquer sentido, pois que gostava que o mundo tivesse mais paz e que as pessoas fossem mais compreensivas e se ajudassem, gostava de conseguir ser mais paciente em certas alturas da minha vida, e compreender melhor algumas pessoas que muito devem à inteligência, pois que gostava de ter o meu próprio negócio, trabalhar com animais, já trabalho com alguns, mas não é bem a mesma coisa, pois que gostava que 2011 fosse o ano das viagens, gostava de viajar muito, o que eu adorava fazer uma road trip e ir ao Egipto, aiiiiiiiiiii!!!!!!!!

 

Gostava, gostava, gostava, se tudo acontecesse na vida, por eu desejar ou gostar, a vida e o mundo, era um verdadeiro paraíso. E pronto, não me parecem assim sonhos completamente impossíveis, pois não? Bem, tirando a parte do meu próprio negócio..........assim, resta-me desejar um Excelente 2011 a todos vós, enfrasquem-se muito na passagem de ano, porque no dia a seguir o máximo que vão ter é uma ressaca, façam muito amor, porque é bom e faz muito bem à pele, logo as rugas desaparecem todinhas, ahhhh e desejo também que continuem a visitar aqui o barraco e permitam-me que diga também que GOSTO MUITO DE TODOS VOCÊS, e é tudo, por agora. Até 2011!!!

e não é que o Natal já se foi!!!!!!!

amigos, conhecidos e leitores deste singelo e tão modesto blog, que tal, esse Natal??? muita comidinha, barriga farta, presentinhos dos bons? eu espero que sim, que isto este ano e cá para os meus lados, foi uma barrigada de rabanadas, filhoses, sonhos, farófias, bolo rei, este ano sim, comi tudinho a que tinha direito, aiiii e o álcool??? foi encher o bandulho até mai não, que o Natal é só um dia (mais coisa, menos coisa), e "linha", dietas e afins, pensamos depois do dia 6 de Janeiro, Dia de Reis e ai sim, para quem realmente se preocupa com a "linha", tamanho de traseiro e respectivas coxas, há que correr muito, e claro está, fechar a matraca.

pois então, e presentes??? tive poucos, mas muito bons, escolhidos a dedo, tudinho o que eu poderia desejar, nada foi feito como manda a tradição, bem, quer-se dizer, só uma coisinha igual a si mesma, o Bacalhau, isso não se pode mesmo dispensar, nem os presentes tiveram de esperar até á meia-noite para serem carinhosamente distribuídos, a companhia, essa sim, da boa mesmo, daquela boa, boa, que nunca nem ninguém pode alguma vez substituir, este sim, foi O NATAL.

posto isto, assim me despeço com muitos sonhos e rabanadas ainda na mesa (da mãe, claro), e cá vamos "falando" até ao dia 31 de Dezembro, dia da passagem do ano, dia esse que não gosto nada, mas mesmo nada, mas lá teremos de passar, pena que não seja já hoje, dado que estou desde a hora de almoço sem luz, assim a coisa passava bem mais rápido, ou seja a dormir.

 

sweet kisses, to everyone.

uma pergunta, bem pertinente dado a época que estamos a viver!

porque raio as pessoas que se dizem tão preocupadas com o próximo, com quem não tem dinheiro, com quem dorme na rua e não tem que comer, não tem empregos, família e muitas outras coisas que a todos nós nos faz tanta falta, só se preocupam com a solidariedade e ajudas nesta altura do ano, que é o Natal? porque raio só se lembram dos que precisam nesta época, porquê? apoiar causas, ajudar as pessoas, tem de ser uma atitude constante, a dedicação que de repente sai de nós, tem de ser todo o ano, sempre, actos como: ajudar um idoso, uma pessoa cega, uma criança, dar, nem que seja um sorriso a quem muitas das vezes nem nos pede nada, isso é ajudar, é apoiar, é darmos um pouco de nós e fazermos alguém um pouquinho mais feliz.

hein???

já os bombons "Merci" e aquele anúncio manhoso e de bradar aos céus, é o terror, mas agora uns bombons com o nome "Lindor"? "Lindor"? oh deus, por favor, mas isso é um nome de fraldas para incontinentes, bem, mesmo não sendo especialista em marketing, tenho cá para mim que não é lá muito bem escolhido a uma coisa que se come, doce, e que se derrete nas beiças. por falar em coisas doces, agora marchava uma torta de azeitão, cheia de creme, aquele creme bem amarelo com canela, torta fofinha, oh yeahhh!!!

para a minha mémé!!!!

de dia fazes de borrega

de noite de ranhosa

és a gaja que tem a mania

que manda aqui na barraca

mas azar, não és nada formosa

 

de manhã bem cedo

ai estavas tu para me acordar

ai menina, põe-te a pau

que o teu reino está quase, quase

a terminar

 

nesse dia, vou aplaudir de pé

quando me vier embora

bato com a porta, mas antes

dou-te um valente pontapé

Pág. 1/5

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D