Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

espaço da raquel

para escrever tudo o que me vier à cabeça, e partilhar cenas daquelas (coiso e tal, e tal e coiso) não me levem muito a sério, tenho mau feitio, mas no fundo sou boa pessoa..... (apesar de não jogar com o baralho todo)

retiro o que disse

do sol lindo e quente, agora é mais um céu bem cinzento e um tempinho ranhosinho, nojentinho e hoje ainda chove, ah, chove, tungas, eu não disse, já chove, bacccccccccccccc, blarrghhhh blarrghh blarrghhh!!!!!!!!!

ahhhhhhhhhhhhh, eu mereço!!!!!!!!!

além de ser sexta-feira, o belo do dia que antecede outro belo dia que é o sábado e por conseguinte é antes do domingo, do sol lindo e quente que está lá fora, e de ir almoçar com uma amiga daquelas mesmo munta boas (atenção, a esses pensamentos), acabei de beber um cházinho bem quente e umas torradinhas que me soube bem demais.

coisas que não interessam a ninguém, mas que me apetece contar

um dia destes, ao puxar a cortina da banheira, tungas, rasguei-a e por sorte aquela merda do varão (dispensam-se comentários menos próprios acerca da palavra "varão" :P), não me caiu em cima da mona, bem, adiante, acabei por comprar uma cortina numa loja aqui ao pé de mim, e que por acaso até tem coisas bem giras, mas o raio da cortina vinha mais tesa que mais parecia um bacalhau, e já lá tá alguns dias mas nada, o raio da cortina continua tesa como ó raio, e pronto, era só isto que eu queria dizer.

cheguei, mas ainda estou com uma neura daquelas, grrrrrrrrrr

olá, cheguei à pouco do "belo" do passeio, é verdade, a bem da verdade, foi uma grande merda, um frio de rachar, vento, os meus pés tiveram todo o dia gelados, estive com o casaco o dia todo, parecia uma chouriça, aquela gaja com uma disposição dum raio, mal disposta, irritada, cristo, e, pior que tudo isto, não me consegui encontrar com a genny, ah, mas atenção, muita atenção, estão preparados??? hum, hum?? falámos ao telefone, gostei muito de te ouvir genny, coisinha mai linda, para a próxima e sem ovelhosa, é que vai ser uma verdadeira rambóia.

um beijo bem repimpado para ti, pessoal, a genny, tem cá uma voz, ui, e é simpática a moça. agora que já contei as minhas aventuras e o meu dia fantástico, vou até ali, mas já não volto mais aqui hoje, amanhã estarei no meu sitio de sempre, AQUI!

olá, bom dia, eu sou a raquel e estou insuportável

estou com uma neura, ó pá, ó pá, levantei-me ás 5:30 da manhã para a apanhar o comboio das 7, estou com uma preguiça, sono, os olhos a pedir para fechar, o cansaço predomina, além de que rapei um frio do camandro na estação, e só penso queria tanto a minha cama....mas lá vai começar o “fandango”,  com a companhia da bela da ovelhosa a interromper-me a toda a hora, não me deixa falar, atrapalha-me os pensamentos, as ideias e "prontos", estou cheia de sono, rezingona, mal disposta e insuportável...ou seja com um HUMOR DE CÃO.

ca cena, só a mim!!!!

bem, meus amigos, fiquei presa no elevador, fui à rua comprar cigarretes e quando voltei, tungas, o elevador ficou entre dois andares, até tava a ser agradável, já estava a começar a fazer o filme, tipo aquela parte no speed em que o pessoal fica preso no elevador, massssss, eu em vez de ser salva pelo Keanu Reeves, era pelo Carriço, mas quando me apercebi que não, nãooooo seria assim, comecei a ficar com o meu belo traseiro bem apertadinho, sim, toquei várias vezes, mas o alarme nada, ninguém "aparecia", o S. F, estava a almoçar e pronto, comecei de imediato a ver a minha vidinha a andar para trás, ora porra, se ao menos tivesse lá ficado com um gajo jeitoso, agora sozinha?!?!?!?!

pois então foi assim:

o ramo de flores, chegou ás mãos da minha rica mãezinha ás 18:10 , só que como estava muito emocionada, não me conseguiu ligar, segundo o meu pai, mal o recebeu começou a chorar, e depois de ler o "testamento" que lhe escrevi, pior ainda, foi lágrima até mai não, jantámos todos lá em casa, houve muito beijo, muito abraço, votos de felicidade e desejos de muitos mais anos juntos, ouve vinho, champanhe, e bolinho, aquele pão de ló com recheio, sabem, sabem?? e claro está, hoje, estou a canja.

Pág. 1/5

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D